CAUconnect leva atendimento para profissionais da região de Barra do Garças

Por Assessoria/CAU-MT 04/05/2017 - 15:07 hs

Foto: Reprodução
Profissionais da equipe do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Mato Grosso (CAU/MT) estiveram no município de Barra do Garças no final de abril (27 e 28) desenvolvendo ações do projeto CAUconnect, lançado em 2015, com o objetivo de aproximar os profissionais arquitetos e urbanistas do Conselho.
 
Nesta etapa, foram realizados curso sobre a tabela de honorários, coleta biométrica, para emissão da carteira de identificação profissional, fiscalização em obra e ação orientativa no shopping e prefeitura da cidade.
 
O curso sobre a tabela de honorários foi realizado pela analista técnica e multiplicadora do conhecimento da Tabela no estado, Layara Cavalcante. Ela explica que essa é uma ferramenta, online, que facilita a composição de orçamentos referentes às atividades de arquitetura e urbanismo. “É uma ferramenta que dá parâmetros para orçamentos, mas que permite ajustes para estar mais adequada à realidade regional e à realidade do profissional também”, explicou.
 
A equipe de fiscalização do CAU/MT esteve em um condomínio urbanístico e também em obras verificando se os critérios, como projeto arquitetônico e Registro de Responsabilidade Técnica (RRT) das atividades referentes ao loteamento, estavam sendo adotados conforme determina a legislação. “Nós também reforçamos a orientação de que toda modificação no condomínio, incluindo a construção das casas, necessita de um projeto arquitetônico elaborado por um arquiteto e urbanista, conforme determina a Resolução nº 51, do Conselho de Arquitetos e Urbanistas do Brasil (CAU/BR)”, relatou a agente de fiscalização, Ana Carolina Rodrigues.
 
Além disso, foi realizada uma orientação no shopping Barra, sobre a necessidade de ter um responsável técnico. A relações públicas do shopping, Ana Carolina Rossi, informou que existe uma pasta técnica para todas as lojas com os documentos necessários. Ela também aproveitou a oportunidade para fazer questionamentos sobre a diferença entre os documentos exigidos pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (CREA) e pelo CAU. “Essa ação do CAU/MT é fundamental porque, muitas vezes, as pessoas não têm o conhecimento daquilo que deve ser feito. Então, antes de punir é bom orientar”, ressaltou.
 
No segundo dia de agenda, a equipe do CAU/MT realizou um curso sobre RRT, ministrado pela coordenadora técnica, Thatielle Badini. Ela abordou a importância do RRT e as diferenças entre os diversos tipos, como simples, múltiplo e extemporâneo.
 
Durante um encontro com membros da Associação de Arquitetos e Designs do Araguaia e o CAU/MT, os profissionais faram do interesse em fazer parceiras com o CAU/MT para realizar ações de valorização da profissão, com inclusão da população, como palestras em locais públicos, por exemplo. “A nossa região, apesar de ter uma boa abrangência, tem certa carência de que a população saiba das atribuições e do papel social do arquiteto dentro do município. Nesse sentido, o apoio do CAU é importante para ajudar nesse processo”, disse presidente da Associação, Dennis Machado Jr.
 
Um dos pontos bastante discutidos pelos profissionais é a necessidade de a prefeitura aderir às normas que definem as competências dos arquitetos e urbanistas e passar a cobrar essa obrigatoriedade nas licenças que concede, incluindo, também, no quadro de servidores da prefeitura um arquiteto e urbanita. “Barra do Garças ainda é uma cidade com muitas obras, mas sem a presença do arquiteto e urbanista. A parceria do profissional com o Conselho é importante para esclarecer o profissional sobre seus papeis e tirar as dúvidas, como para esclarecer a população também”, disse Lúcia Santana Leão Ribeiro.
 
A equipe do CAU/MT também esteve em Água Boa, realizando fiscalização em obras e fazendo uma ação na prefeitura para esclarecer sobre as competências exclusivas do arquiteto e urbanista.
 
A próxima agenda do CAUconnect acontece nos dias 25 e 26 de maio, na cidade de Cáceres e Pontes e Lacerda.
 
Sobre o CAUconnect

O Projeto CAUconnect foi criado em 2015 para aumentar o contato do Conselho com os arquitetos e urbanistas de todo o estado de Mato Grosso. O projeto têm ações para o desenvolvimento do ensino e formação profissional; fiscalização do exercício da profissão; promoção da capacitação profissional; gestão junto aos poderes executivo e legislativo municipal, em ações que conduzam à melhoria da prática profissional. Para tingir esses objetivos, são levadas aos diversos municípios atendimento, coleta biométrica, entrega de carteira profissional e orientações aos arquitetos e a sociedade.
Além de promover essas ações o CAU/MT pretende dialogar com os arquitetos e urbanistas de cada região e ouvir suas demandas e solicitações, de modo a contribuir com a produção da arquitetura e urbanismo do Estado. Nos municípios em que houver instituições de ensino superior que contemplem o curso de arquitetura e urbanismo, haverá ações diretas a esse público.