Sindicato e Senar-MT capacitam reeducandos para atuar no setor de máquinas

Por Assessoria 11/10/2017 - 11:01 hs

Foto: Reprodução

Uma parceria entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (SENAR-MT), Sindicato de Produtores Rurais de Água Boa e a Penitenciária Major PM Zuzi Alves da Silva garantiu a realização de 13 treinamentos nos últimos dois anos. Produção de viveiro e mudas florestais, Implantação de florestas comerciais e plantas medicinais foram os três primeiros realizados em 2016. Já em 2017, o número aumentou para 10 e houve uma diversificação nos treinamentos. "Optamos pelo setor de máquinas e implementos agrícolas que é uma área carente de mão de obra qualificada", explica o diretor da penitenciaria, Valmir Bairros Christ.

O presidente do Sindicato de Produtores Rurais de Água Boa, Antônio Fernandes de Mello, popularmente conhecido como Tunico, conta que tudo começou quando foi observado que o índice de reincidência de retorno ao presídio era muito menor entre os reeducandos que durante o cumprimento da pena saiam para trabalhar. Segundo ele, uma parceria entre a penitenciária e a empresa Vale do Araguaia, que atua no setor de reflorestamento garante emprego para 40 detentos. "Qualificar estas pessoas para que elas tenham mais oportunidade de trabalho ao sair da prisão é uma forma de contribuirmos para a ressocialização destes detentos", enfatiza Tunico.

Mais que qualificação e capacitação, os treinamentos levam também a esperança de um futuro melhor para cada participante. No início, ao todo foram 60 inscritos, mas somente 15 foram selecionados. O diretor Christ explica que a seleção é feita por uma equipe de profissionais multidisciplinar. "O reeducando precisa ter bom comportamento e atender alguns outros pré-requisitos para fazer parte deste grupo que pode sair da penitenciaria para trabalhar ou fazer cursos".

Christ conta ainda que o detento que trabalha recebe 30% do salário. Os outros 70% são colocados numa conta na Caixa Econômica Federal. "Assim, quando concluir a pena, este reeducando terá uma poupança para recomeçar a vida. Normalmente a parte que eles recebem entregam para a família. É um projeto que tem dado muito certo", comemora o diretor do presídio.

De acordo com a mobilizadora do Sindicato de Produtores Rurais de Água Boa, Liria Knutzen o encerramento de cada curso é sempre uma "caixinha de surpresas". "Esta "caixa" vem sempre recheada de muita emoção, depoimentos surpreendentes, promessas de mudança, gratidão e a esperança de um futuro melhor", conta.

Segundo ela, na conclusão do último treinamento na penitenciaria ofertado pelo Sindicato de Produtores Rurais em parceria com o SENAR-MT ouviu o seguinte depoimento: "Depois de optar pelo mundo do crime, me afastar e desvalorizar minha família, fui preso e estou há seis anos detido. Minha família é da área do agronegócio, mas essa área nunca me interessou. Depois de fazer os treinamentos ofertados pelo SENAR-MT e Sindicato Rural mudei minha forma de pensar. Quando terminar de cumprir minha pena vou voltar para minha família. Agora sei o valor que eles têm".

Mais que transformação na vida dos detentos, levar treinamentos para dentro da penitenciaria de Água Boa mostrou um mundo novo para alguns participantes. O diretor Christ conta que neste grupo que fez os cinco treinamentos da área de máquinas e implementos agrícolas havia dois reeducandos que eram de uma facção criminosa. "Mas depois de um tempo detidos optaram por mudar de vida. Como tiveram uma boa avaliação tiveram a oportunidade de fazer o curso".

De acordo com Christ, um deles ficou muito impressionado com o tamanho, capacidade e utilidade de um autopropelido. "Com os olhos brilhantes, ele declarou que nunca na vida imaginou que tivesse uma máquina daquele tamanho e que ele fosse aprender a operar e a fazer a manutenção do equipamento. É gratificante ouvir os depoimentos", resume o diretor da penitenciaria de Água Boa, Valmir Bairros Christ.

TREINAMENTOS REALIZADOS NA PENITENCIÁRIA DE ÁGUA BOA EM 2017

Produção de hortaliças
Aplicação De Agrotóxicos Utilizando Pulverizador Costal Manual
Mecânico de Tratores
Manutenção De Tratores Agrícolas
NR 12 Segurança no trabalho de-maquinas e implementos
NR 31.12 Segurança no trabalho de maquinas agrícolas
Aplicação de agrotóxicos utilizando pulverizador autopropelido
Manutenção básica de pá carregadeira
Confecção de bonecas de tecido
NR 31.8 Segurança na aplicação de agrotóxico