Fugitivo que cometeu assalto em casa de promotora em Barra do Garças é recapturado

Por Carlos Gustavo Dorileo/Olhar Direto 13/11/2017 - 09:23 hs

Foto: Reprodução

A Polícia Civil recapturou na noite deste sábado (11) mais um detento que fugiu da penitenciária Major Eldo Sá, a Mata Grande em Rondonópolis (218 km de Cuiabá). Trata-se de Jailson Soares Anicésio, 25, preso por envolvimento em um assalto na residência de uma promotora de justiça.

A fuga de 27 presos aconteceu na madrugada da última sexta-feira (10) após o muro da unidade ser explodido por homens fortemente armados que trocaram tiros com agentes penitenciários.

O delegado Claudinei Lopes confirmou que até o momento dez dos 27 detentos já foram recapturados. O último deles foi Jailson Soares após uma denúncia anônima de que havia detentos se escondendo em uma residência no bairro Jardim Sumaré.

Policiais militares e civis estiveram no local indicado e prenderam Jailson, que confirmou que estava com outros dois fugitivos na residência e que eles conseguiram fugir. Uma mulher que estava no local também foi detida por estar ajudando os criminosos.

Jailson, que tem várias passagens criminais foi detido pela PM em 2014 por envolvimento em um assalto na residência da promotora de justiça Helen Ulian Kuriki na cidade de Barra do Garças.

Além dele, também já foram capturados Antônio Mizael Silva Souza, Cleverson Ferreira da Silva, Douglas Siqueira de Souza, Ismael da Costa dos Santos, Airton José de Oliveira, Marcos Vaz de Oliveira, Werivelton Pedro de Almeida e Eder Fernando da Silva.

A Polícia Civil tenta identificar os criminosos que explodiram o muro. A Perícia Oficial coletou materiais no local para o laudo que informará o material explosivo utilizado, assim como os subsídios necessários à investigação.