Pontal do Araguaia: críticas por falta de medicamentos leva gestão Rosa dá explicações

Por Da Redação 13/11/2017 - 17:20 hs

Foto: assessoria
Pontal do Araguaia: críticas por falta de medicamentos leva gestão Rosa dá explicações
Prefeito e vereadores de sustentação tentam explicar a falta de medicamentos

O prefeito de Pontal de Araguaia, Gerson Rosa (PSDB), acompanhado de vereadores que lhe dão sustentação na Câmara, concedeu na manhã de hoje (13) uma entrevista à rádio Continental FM quando voltou a citar a crise financeira por que passa seu município e que mesmo diante disso, conforme argumentou, sua gestão “está conseguindo honrar seus compromissos”.

Sobre a falta de medicamentos questionada pelos vereadores Leandro Carlos (PSB) e Mara Rúbia (DEM), Gerson disse que vai realizar nova licitação para a compra prevista para os próximos dias. Após 10 meses de sua gestão, Rosa justifica dizendo que o município tem aproximadamente 7 mil habitantes, enquanto 10 mil pessoas estavam cadastradas na farmácia básica da cidade.

O vereador Claudio Freitas (PDT), depois de longos meses de críticas à gestão Rosa mudou nos últimos dias seu inflamado discurso e agora diz apoiar a gestão Rosa e que tem compromisso com a verdade. Talvez, sem perceber, o vereador disse que “em 11 meses de mandato estamos convictos que atuamos com o papel de atender a sociedade”. A pauta da entrevista à rádio era saúde pública, mas o ex-oposionista Claudio, sem fazer menção ao seu requerimento sobre a falta de exames médicos, preferiu não dizer nada.

A mãe dos filhos do prefeito, a vereadora Maria Glória (PSDB), segundo disse à assessoria de imprensa, atua firme na fiscalização da pasta da Saúde ressaltou que o poder executivo está honrando com os compromissos. Contudo, a assessoria de imprensa da prefeitura não informou nada sobre o requerimento dos vereadores sobre a falta de medicamentos.

Nas redes sociais, moradores de Pontal do Araguaia, a exemplo do aposentado Gabriel Neves disse “que há mais de dois meses falta reagente usado para realização de exames de sangue (hemograma)”. A moradora de Pontal do Araguaia, Cleusamar Paes de Souza, disse que há semanas que tenta retirar remédios para osteoporose, mas não consegue. 

Diante da situação da falta de medicamentos o presidente da Câmara de Vereadores, Edmilson Aguiar Oliveira (PP), convidou a população de Pontal do Araguaia para assistirem hoje (13) à noite a sessão da Câmara Municipal onde vai tratar de assuntos “dos medicamentos, de gastos com à mídia, transporte escolar e o Código Sanitário Municipal. Este último é considerado por alguns vereadores como sendo uma aberração.