CIDADES Terça-feira, 09 de Maio de 2023, 16:21 - A | A

09 de Maio de 2023, 16h:21 - A | A

CIDADES / CIDADES

Ministério dos Transportes e DNIT autorizam a retomada de obras na BR-364 em MT

Ordens de Serviços de dois contratos para melhorias na rodovia foram assinadas na manhã desta terça-feira (9)

Assessoria



Na manhã desta terça-feira (9) o Ministério dos Transportes, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), autorizou a retomada dos serviços de Restauração e também do Contrato de Manutenção e Restauração (Crema) na BR-364/MT. As Ordens de Reinício dos Serviços dos dois contratos foram assinadas pelo ministro dos Transportes, Renan Filho, e pelo Diretor-Geral do DNIT, Fabricio de Oliveira Galvão, durante uma live pelo Youtube.

Com a retomada do contrato de restauração, o Consórcio contratado está autorizado a reiniciar os serviços imediatamente. A retomada das obras atenderá o trecho de Alto Garças, entre o km 86,5 e o km 112,9 da rodovia. No segmento serão realizadas intervenções prévias para a regularização do trecho e, então serão realizados os serviços de reciclagem, reforço estrutural e drenagem superficial e implantação de sinalização, em 26,4 quilômetros da rodovia. Ao todo está previsto um investimento do Governo Federal de aproximadamente R$ 61 milhões.

No caso dos serviços do Crema, a empresa vai realizar melhorias no trecho de Brasnorte até Comodoro, passando por Campos de Júlio, entre o km 994,8 e o km 1265,3 da rodovia. Neste caso, o contrato terá um investimento total de cerca de R$ 115,1 milhões para serem aplicados na recuperação/manutenção do pavimento das pistas de rolamento como, por exemplo, serviços de fresagem e recuperação profunda, alargamento dos acostamentos e melhorias na sinalização, revitalizando todo o segmento.

Importância - Este trecho da BR-364/MT é uma das principais rotas de escoamento de grãos de toda a produção agrícola da região leste do Estado do Mato Grosso, uma vez que se trata de via de acesso aos portos e terminais das regiões Sul e Sudeste do Brasil, por onde os gêneros agrícolas são exportados.

Cumpre observar que o dinamismo da produção agrícola nacional e, mais destacadamente, no Mato Grosso, que tem apresentado anualmente quebra de recorde de produção de gêneros agrícolas, elevou sobremaneira o volume de tráfego de veículos pesados, especialmente caminhões, o que ressalta a importância desta restauração no segmento.

Com o investimento total dos dois contratos, totalizando R$ 176 milhões, quem ganha também é população do entorno dos empreendimentos, uma vez que a previsão é de que sejam beneficiadas cerca de 2,5 mil pessoas com a abertura de postos de trabalho diretos e indiretos, além de empregos via efeito geração de renda.

Entre no grupo do Semana7 no WhatsApp e receba notícias em tempo real (Clique AQUI).

Pref_AB_maio_1200

 



Comente esta notícia