CIDADES Sexta-feira, 02 de Julho de 2021, 13:22 - A | A

02 de Julho de 2021, 13h:22 - A | A

CIDADES / Apelo popular

População de Santa Terezinha sai às ruas em manifestação pedindo por Justiça

A manifestação foi em forma de uma carreata com buzinaço com a intenção de chamar a atenção da Justiça para os crimes cometidos no município em que os casos ainda não foram solucionados

João Evilson
Vip Araguaia



Motivadas pelo último crime bárbaro acontecido no município de Santa Terezinha nesse último final de semana, aonde um jovem do lugar foi encontrado enterrado em uma cova às margens do rio Araguaia três dias após o seu sumiço, a população indignada, realizou manifestações nas redes sociais e saíram pra rua nesta quinta-feira (1) pedindo por Justiça.

A manifestação pacífica e bem organizada, sem carro de som, apenas motos e carros em um buzinaço e expondo cartazes pedindo por Justiça, mostrou que a população está impaciente com tanta impunidade e falta da Justiça para com esses crimes bárbaros que tem acontecido em Santa Terezinha nos últimos 25 anos, que até hoje estão sem solução.

Em um município que passou alguns anos com um índice de criminalidade quase zero, somente neste ano foram cometidos quatro crimes bárbaros e cruéis que assusta todos os moradores.

Alguns crimes foram desvendados, como uma vítima que foi morta e jogada dentro de um saco no córrego do Furo de Pedra próximo à cidade, da Deuseni Francisca de Souza (Miuda) que foi morta brutalmente mês passado, do Augusto Cesar que teve a cabeça decepada na comunidade Torre também no final do mês de maio e agora este último crime bárbaro do jovem Saulo que foi torturado, cortados as duas pernas ainda em vida e depois teve a barriga aberta. 

Todos os crimes cometidos este ano a Polícia agilmente desvendou e conseguiu colocar na cadeia os culpados, salvo este último que por impedimento da nossa própria Constituição Federal o criminoso ainda está solto, não pode ficar detido, por não ter sido preso em flagrante, mesmo tendo confessado o crime. A Polícia Civil está agindo para que sua prisão temporária seja autorizada pelo Juiz.

Porém os outros crimes que aconteceram anteriormente que até hoje não foi desvendado, a população também cobra uma solução por parte da Polícia, como o último caso que ainda não foi solucionado, o desaparecimento da Marilene Pinheiro de Oliveira, a Tuta, que desapareceu em 18 de junho de 2019 e até hoje sem indícios do seu paradeiro.

Santa Terezinha tem um histórico de crimes bárbaros e cruel que assusta a todos, como o do Aparecido que aconteceu a uns 20 anos atrás, o mesmo foi morto cruelmente, cortado o corpo, retirado suas partes internas como o fígado e o coração e segundo relatos, os criminosos comeram esses órgãos com cachaça como tira-gosto. Além de uma mulher que supostamente presenciou o fato, pouco tempo depois foi assassinada brutalmente em sua casa a pauladas. Dentre tantos outros crimes bárbaros que a população relata e nunca foi solucionado pela polícia.



Comente esta notícia