CIDADES Quinta-feira, 10 de Junho de 2021, 17:40 - A | A

10 de Junho de 2021, 17h:40 - A | A

CIDADES / Coronavírus

Prefeito edita novo decreto e proíbe acesso a pontos turísticos em Barra do Garças

As mudanças são referentes ao acesso à rampa do Porto do Baé, acesso às cachoeiras e escadaria da Serra Azul

João Pedro Donadel
Da Redação



No uso de suas atribuições, Adilson Gonçalves (PSD), prefeito de Barra do Garças, editou novo decreto que altera dois artigos referentes ao acesso à rampa náutica do Porto do Baé, acesso as cachoeiras e escadaria de acesso ao Cristo Redentor, na Serra Azul.

O novo documento traz a seguinte definição: para a rampa do Porto do Baé, fica interditado o acesso aos sábados e domingos, sendo permitida nesse dia apenas pessoas que exercem atividades náuticas remuneradas. Quanto às cachoeiras, fica interditado o acesso as mesmas e à Serra Azul, fica permitido o acesso apenas por pedestres às escadarias com o intuito de realização de atividade física.

Este decreto ocorre após na tarde desta quarta-feira (9), a equipe de fiscalização da Defesa Civil, juntamente a Polícia Militar realizarem o trabalho de dispersão em duas cachoeiras de Barra do Garças, a Pé da Serra e Usina. Nos locais, 15 pessoas foram atuadas, dessas, quatro eram menores de idade, por isso apenas 11 indivíduos receberam multas.

No último boletim epidemiológico, divulgado na tarde dessa quinta-feira (10), foram registrados 83 casos de Covid-19 nas últimas 24h em Barra do Garças. O número de casos ativos (pessoas que ainda estão infectadas com o vírus) subiu para 616, um dos maiores índices desde o início da pandemia. Destes, 574 pacientes são monitorados em casa e outros 42 precisaram de internação.

NN 360.gif

 



Comente esta notícia