GERAL & ECONOMIA Sexta-feira, 11 de Agosto de 2023, 13:30 - A | A

11 de Agosto de 2023, 13h:30 - A | A

GERAL & ECONOMIA / FUTURO

Se o Vale do Araguaia fosse um país, teria o maior crescimento econômico do mundo em 2022

Em 2021, o VA do Vale do Araguaia foi de R$ 22,014 bilhões. Em 2022, esse valor saltou para R$ 26,715 bilhões, um crescimento real de 14,71%.

Rafael Govari e Lavousier Machry
OPioneiro



O crescimento econômico do Vale do Araguaia, região que fica entre Barra do Garças e Vila Rica, congregando 25 municípios, não foi somente maior do que o apresentado pelo Mato Grosso ou o Brasil em 2022, mas foi maior do que qualquer outro país do mundo.

O levantamento foi feito pelo OPioneiro, com base nos dados publicados pela Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda de Mato Grosso), no Diário Oficial do dia 30 de junho, onde consta o que se chama de Valor Adicionado dos municípios do Estado, que nada mais é do que a riqueza gerada por eles e que representa por mais de 98% do PIB (Produto Interno Bruto).

Em 2021, o VA do Vale do Araguaia foi de R$ 22,014 bilhões. Em 2022, esse valor saltou para R$ 26,715 bilhões, um crescimento real de 14,71%, já descontada a inflação do ano passado, que foi de 5,79%.

Na comparação, o Mato Grosso, que é um dos estados que mais cresce no Brasil, na soma dos VAs dos 141 municípios, saiu de R$ 204,368 bilhões em 2021 para R$ 238,013 bi em 2022, um crescimento real um pouco superior a 10%. Já o PIB do Brasil aumentou 2,9% no ano passado.

O país que mais cresceu no mundo em 2022 foi a Arábia Saudita, com 7,6%, impulsionada, principalmente, pela alta do petróleo. Aqui na América do Sul, a Colômbia também teve um aumento de 7,6% em seu PIB, ficando na segunda colocação.

Se o Vale do Araguaia fosse um país, apresentaria quase o dobro de crescimento econômico em relação à nação que mais prosperou no ano passado. Isso é fruto, principalmente, da expansão do agronegócio. A região já planta mais de dois milhões de hectares de soja e mais de 1,5 milhão de hectares de milho, mas possui, conforme o Imea (Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária), mais de cinco milhões de hectares de pastagens que ainda podem ser convertidas em lavouras.

O crescimento do agro junto com a instalação de grandes empresas que trabalham com o beneficiamento da produção agrícola, devem garantir altos índices de crescimento econômico no Vale do Araguaia pelas próximas décadas.

Municípios do Araguaia

O município do Araguaia com maior VA é Querência, que saiu de R$ 3,896 bi para R$ 4,522 bi, um acréscimo econômico de R$ 626 milhões. Em valores absolutos, o maior acréscimo foi em Barra do Garças, que saltou de R$ 1,816 bi para R$ 2,507 bi, incremento de R$ 690 milhões, Já em percentual, o maior crescimento entre os municípios do Araguaia foi registrado em Serra Nova Dourada, que saiu de um VA de R$ 86 mi em 2021, para R$ 170 mi em 2022 (88%).

O segundo maior VA da região é de Canarana, com R$ 2,884 bilhões, seguido por Barra do Garças (R$ 2,5 bi), São Félix do Araguaia (R$ 2,4 bi), Água Boa (R$ 1,8 bi) e Confresa (R$ 1,7 bi). O município com menor VA é Luciara, com R$ 28 milhões.

Entre no grupo do Semana7 no WhatsApp e receba notícias em tempo real (Clique AQUI).

CâmaraBG agosto


Comente esta notícia