Em dois anos, Guiratinga reforma 30 pontes e 800 km de estradas

Após trabalho em estradas do campo, município deve concentrar ação em zona urbana

Por Kayc Alves/Da Redação 14/03/2019 - 10:11 hs

Foto: Reprodução
Em dois anos, Guiratinga reforma 30 pontes e 800 km de estradas
Prefeitura recuperou estrada do distrito de Vale Rico

O campo foi um dos grandes beneficiados, em Guiratinga, nos últimos dois anos. Através da Secretaria Municipal de Obras, a prefeitura buscou facilitar o escoamento da produção agropecuária com a manutenção em 800 quilômetrosde estradas rurais. Nesse período, cerca de 30 pontes de madeira também foram reformadas. Outra frente de trabalho foi manter o maquinário em boas condições para a prestação de serviços aos produtores.


Dos cerca de 3 mil quilômetros de estradas vicinais de Guiratinga, aproximadamente 800 já receberam manutenção. Segundo avalia o secretário de Obras, Sandro Mesquita, esse total tem feito a diferença para as comunidades produtoras do município.


“A região do Vale Rico, por exemplo, nunca teve uma estrada como está tendo agora”, afirma. Os trabalhos no distrito beneficiaram aproximadamente 800 moradores.


O secretário relata ainda que o município fez uma ação de recorte em áreas de difícil acesso, como a Serra da Sabrina. A prefeitura também cortou uma serra que dá acesso ao assentamento Manuel Alves Pereira e às regiões do Mosquito e da Taboca. Nesses locais, o escoamento da produção era prejudicado.


Mesmo superando dívidas deixadas pelas gestões anteriores, o município ainda conseguiu a reforma de 30 pontes no campo e manteve em boas condições o maquinário do município. No início de 2017, quando o prefeito Humberto Bolinha (PSDB) ingressou na gestão, a frota em funcionamento era composta por quatro itens, entre caminhões e máquinas. Hoje, 16 veículos apresentam condições de trabalho.


Agora, segundo o secretário Sandro, o foco é a zona urbana. Só nessa gestão, cerca de 5,5 km de vias da cidade foram cobertas com lama asfáltica. Para este ano, a expectativa é de aplicação de mais 5 km, que aguarda a execução da rede de esgoto para iniciar.


Algumas ruas ainda foram contempladas com pavimentação, num total de 1,6 km de asfalto. Outros 5 km devem ser asfaltados assim que iniciar o período de estiagem.