São Félix do Araguaia já quitou 5 milhões deixados em dívidas por administrações anteriores

Prefeitura tinha R$ 13 milhões em débitos pendentes, herdados de outras gestões municipais

Por Kayc Alves/Da Redação 14/03/2019 - 17:32 hs

Foto: Reprodução
São Félix do Araguaia já quitou 5 milhões deixados em dívidas por administrações anteriores
Prefeita de São Félix do Araguaia, Janailza Taveira

Um balanço realizado pela prefeitura de São Félix do Araguaia, mostra que o município já quitou R$ 5 milhões do montante de dívidas herdadas de administrações anteriores. Em 2017, a prefeita Janailza Taveira Leite (SD) assumiu a cidade com R$ 13 milhões de débitos pendentes.


Segundo a Secretaria Municipal de Administração de São Félix, o município está com as contas em dias e, em dois anos, já quitou quase a metade do que devia. A expectativa é que até o final da atual gestão, em 2020, não haja mais dívida pública.


Os R$ 8 milhões que ainda não foram pagos, são débitos já parcelados a longo prazo e que não causam mais problemas ao município. No início da gestão de Janailza, devido às dívidas, São Félix não tinha certidões, o que impossibilitava a cidade de empenhar convênios e captar recursos com o estado e com a União.


“Quitamos todas as dívidas a curto prazo. Agora, faltam algumas a longo prazo, que já estão parceladas. No que se refere à Previdência, a gente não está devendo nada”, comemora o secretário de Administração, Wemes Pereira Leite.


Para driblar a crise, em 2017, Janailza Taveira tomou medidas austeras, que ajudaram a colocar as contas municipais em ordem. De imediato, nos primeiros meses como prefeita, ela fez cortes na folha de pagamento, com a exoneração de secretários e redução de salários de 20 servidores comissionados. Até a própria remuneração, ela reduziu em 10%.


Mesmo com as dívidas, o município tem mostrado bom desempenho financeiro, nos últimos dois anos. Conforme mostra a Secretaria de Administração, o Fundo Municipal de Previdência Social (Ipasfa) continuou crescendo nesse período. De 2016 a 2018, houve uma alta no fundo de R$ 12,6 milhões a R$ 19 milhões.


O município também não parou de investir em infraestrutura. Asfaltou o Jardim Pindorama, em obra no valor de aproximadamente R$ 350 mil, com contrapartida dos cofres públicos de R$ 100 mil. Ainda pavimentou a avenida Aeroporto e o setor Vila Nova, em um investimento de quase R$ 500 mil.