Deputado indica campanha de conscientização em escolas de Barra do Garças

O município do Araguaia é considerado o que tem o trânsito que mais mata no Brasil

Por Assessoria 12/03/2018 - 13:36 hs

Foto: Ilustração
Deputado indica campanha de conscientização em escolas de Barra do Garças
Trânsito nas escolas: conscientização busca reduzir índices negativos

Adalto de Freitas é autor de uma indicação para a realização de uma campanha de conscientização nas escolas a fim de obter mudanças no trânsito de Barra do Garças. Dados fornecidos pela 3ª Ciretran apontam que o município tem o maior número de mortes no trânsito registrado no Brasil. Para mudar essa realidade, será realizado pelo Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran)  uma campanha de conscientização nas escolas, a ser realizada entre os dias 12 a 16 de março para disseminar algumas informações sobre segurança no trânsito.

Relatório elaborado pelo diretor da 3ª Ciretran, Carpegiane Gonzaga Liones, mostra que o município tem, atualmente, a pior posição com relação às questões relacionadas ao trânsito, no ranking nacional. A cidade, nas estatísticas da PRF do ano de 2017, feitas com demarcação do perímetro entre o KM 0 e o KM 10,  apontam a região com o maior índice de acidentes no Brasil. 

“Infelizmente, o trânsito de Barra é o que mais mata no Brasil. A solução, a meu ver, é realmente campanhas para educação para o trânsito. Tenho a plena certeza que se trabalharmos isso nas escolas, principalmente com as crianças, poderemos mudar isso no futuro e transformar nossa sociedade para melhor”, ratificou o chefe da Ciretran.

“Agradeço imensamente ao Detran pelo apoio, dando total suporte para que  a campanha fosse realizada em Barra do Garças. Temos convicção que estamos no caminho certo, que é de fomentar a educação no trânsito para que  os condutores aprendessem a ter respeito e cidadania”, argumentou Adalto de Freitas.

"O Detran, por meio da Escola Pública de Trânsito, busca levar informações e orientações, promovendo assim a conscientização e sensibilização de todos para o exercício da cidadania e a construção da cultura de paz no trânsito" declarou o presidente do Detran, Tiago França.

Para  moradora de Barra de Garças, Camila Soares, as causas dos acidentes e mortes no trânsito, em sua grande maioria, é a imprudência.