Cabeleireiro de Barra é esfaqueado na Espanha e família pede dinheiro para cremar o corpo

Cabeleireiro de Barra é esfaqueado na Espanha e família pede dinheiro para cremar o corpo

Por Isabela Mercuri/Olhar Direto 18/07/2018 - 08:16 hs

Foto: Reprodução

A família de um cabeleireiro natural de Barra do Garças, chamado Welington Alves - assassinado no último sábado (14), em Lorca, na Espanha, pela própria irmã – pede ajuda para conseguir cremar seu corpo. O procedimento é mais barato do que o transporte até o Brasil, mas, mesmo assim, a família não têm condições e, por isso, o corpo do cabeleireiro está congelado aguardando uma decisão.

Welington Alves, mais conhecido como ‘Tom’, nasceu em Barra do Garças, mas foi embora para a Espanha para trabalhar. Lá, se encontrou com a irmã, com quem discutiu por causa de um jogo de baralho. Durante a noite, a irmã teria o esfaqueado. Ele morreu no hospital.

Desde então, seu corpo está congelado, aguardando uma decisão, e o dinheiro para que aconteça a cremação. A família, sem recursos, pede ajuda. “Nós já conseguimos uma boa quantia do dinheiro e faltam 5 mil reais para completar”, explicou uma prima do cabeleireiro, Flaviane Alves Cardoso, em entrevista à TV Band.

Flaviane explicou à Band que a irmã de Tom sofria de depressão. Ela está presa no país estrangeiro, e aguarda decisão da justiça. Para ajudar a família, basta depositar qualquer valor na conta corrente da Caixa Econômica Federal: Conta: 61991-3 / operação 013 / agência 1308. Telefone para contato: (66) 9 8446 7705 (Com TV Band)