Miguelão se diz vítima de perseguição política e confirma candidatura

Por Jornal Cidade MT 18/08/2018 - 10:34 hs

Foto: Reprodução
Miguelão se diz vítima de perseguição política e confirma candidatura
Presidente da Câmara de Barra do Garças, Miguel Moreira da Silva (Miguelão)

Candidato a deputado estadual pelo PSB, o vereador por Barra do Garças, Miguelão Moreira da Silva, o Miguelão, se diz vítima de perseguição dos adversários ao ter o seu pedido de registro de candidatura sob impugnação em parecer emitido pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE). Segundo ele, ações políticas tentam evitar que ‘um filho de Barra do Garças’ seja o representante do Vale do Araguaia como deputado na Assembleia Legislativa.

De acordo com o candidato, há um equívoco do Tribunal de Contas do Estado (TCE) em não dar baixa na relação do conteúdo encaminhado a Procuradoria, mas que que isso ai é questão de dias. Miguelão lembrou de casos semelhantes ocorridos com os candidatos Gaspar Lazzari, de Confresa, e Otaviano Pivetta, que tinham os mesmos problemas e conseguiram a certidão.

“Eu não devo nada para a Justiça. sou ficha limpa e estou com o nome preparado para disputar a eleição por Barra do Garças e o Vale do Araguaia”, ressaltou, informando que seus advogados já estão preparando recursos para contrapor o pedido da Procuradoria Regional Eleitoral assim que for publicado no Diário Eletrônico da Justiça. O prazo é de cinco dias após a publicação.

Embora tenha esse pedido de impugnação do registro de candidato a deputado, Miguelão diz que continua em campanha conforme a lei determina. “Não vamos parar, pelo contrário, vamos continuar com os nossos embates”, disse.