Candidato a federal acusado de propina deve surpreender em MT

Por Mídia News 14/09/2018 - 09:32 hs

Foto: Reprodução

Acusado de receber R$ 250 mil de propina, em espécie, do "homem da mala" da JBS, o ex-ministro da Agricultura, Neri Geller, pode ser um dos mais votados a deputado federal em Mato Grosso.

 

Com uma campanha bem estruturada no Interior, ele vem conseguindo apoios de prefeitos e lideranças.

 

Sobre a acusação, a revista Veja disse que Florisvaldo Oliveira, o encarregado de distribuir as propinas da JBS a políticos, tirou uma foto com Neri, depois de lhe entregar,em mãos, os R$ 250 mil.

 

"Às autoridades, Oliveira disse que apresentou seusdocumentos na entrada do ministério e que partiu da própria assessoria da pasta o pedido para que ele e Geller, uma indicação do MDB, posassem juntos para a foto", relatou Veja.

 

"Em sua delação premiada, o ´homem da mala' anexou o e-mail que recebeu do fotógrafo do ministério com o registro do encontro. Ele foi enviado no dia do pagamento da propina: 3 de novembro de 2014", disse a revista.