POLÍCIA Quinta-feira, 21 de Setembro de 2023, 08:49 - A | A

21 de Setembro de 2023, 08h:49 - A | A

POLÍCIA / DERF CUIABÁ

Dono de açougue e funcionários de distribuidora são presos por furto de carga de carne

A vítima estimou um prejuízo de R$ 30 mil com três cargas furtadas

Raquel Teixeira | Polícia Civil-MT



Três pessoas foram presas em flagrante pela equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá, na tarde desta terça-feira (19.09), por furto de uma carga de carne bovina de uma distribuidora localizada na região da Morada da Serra. Dois funcionários da distribuidora e o dono de um açougue foram presos pelo crime de furto qualificado por abuso de confiança e receptação.

Na segunda-feira, o dono da distribuidora de carnes procurou a delegacia especializada e informou que entre os dias 15 e 18 de setembro foram furtadas 26 peças de dianteiros bovinos. A vítima estima um prejuízo com os furtos em R$ 30 mil.

Nesta terça-feira, uma equipe de investigação da Derf monitorou a rota de entregas da distribuidora feita por dois funcionários da empresa – o motorista e o ajudante de carga e descarga. Em determinado momento da rota, o veículo parou em um açougue no bairro CPA 2 e no local foram 15 peças de dianteiro de boi. Cada peça equivale a cerca de 35 quilos de carne.Após concluir a entrega no estabelecimento receptador, os funcionários foram abordados pela equipe policial. Os dois funcionários confessaram o desvio da carne e informaram que venderam a R$ 8,00 o quilo ao proprietário do açougue. O valor de mercado é estimado entre nove e 10 reais.

A negociação da carga desviada foi feita entre um dos funcionários da distribuidora e o dono do açougue, que era cliente da empresa e há um ano deixou de comprar os produtos.

No açougue, os policiais civis questionaram o filho do proprietário, que confessou o recebimento da carga e também foi preso em flagrante.

Os três foram conduzidos à delegacia especializada e interrogados. Um dos responsáveis pelo furto da carne alegou que decidiram juntos furtar a carga porque o valor do salário que recebem é pouco. Afirmou ainda que sabia que dono do açougue já tinha sido cliente da distribuidora e então decidiu oferecer as peças, sendo nesta terça-feira a terceira remessa que entregavam no açougue.

Os três foram autuados em flagrante pelo crime de furto qualificado e o dono do açougue também por receptação qualificado. Todos serão apresentados em audiência de custódia do Poder Judiciário, no Fórum da Capital.

Entre no grupo do Semana7 no WhatsApp e receba notícias em tempo real (Clique AQUI).

Egresso do Sistema
 


Comente esta notícia