POLÍCIA Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2023, 16:49 - A | A

18 de Dezembro de 2023, 16h:49 - A | A

POLÍCIA / EM VÁRZEA GRANDE

Mãe que jogou bebê de 3 meses no fogo é indiciada por homicídio em MT

A criança chegou a ser levada para o Pronto-Socorro, mas não resistiu

Repórter MT



A mulher acusada de jogar o filho de apenas 3 meses em uma fogueira, no Bairro Tarumã, em Várzea Grande, foi indiciada por homicídio ao fim do inquérito da Polícia Civil. O caso aconteceu no último dia 08. A criança chegou a ser levada até o Pronto-Socorro de VG, mas morreu na unidade.

Ao RepórterMT, o delegado Bruno Abreu, responsável pelas investigações, afirmou que o caso estava sendo investigado como "infanticídio", quando o homicídio acontece durante ou logo após o parto, quando a mãe, ainda durante o puerpério, mata o próprio filho.

No entanto, a polícia entendeu que a acusada já tinha passado desse período, por isso a mudança para homicídio.

O delegado disse ainda que foi solicitado um exame psicológico para saber se a mulher sofre com algum transtorno mental. “Se for causa de inimputabilidade, não será causa de pronúncia no júri. É a chamada absolvição imprópria. Ela vai ser tratada”, explicou.

O caso

Vizinhos acionaram a Polícia Militar depois de ouvirem o choro do recém-nascido. Os próprios moradores retiraram a criança do fogo. O Corpo de Bombeiros prestou os primeiros socorros e também apagou o incêndio, feito em um matagal.

O bebê foi levado para o Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande, mas apesar dos esforços, não resistiu.

Já a mãe foi localizada em estado de choque e com queimaduras pelo corpo ainda pelo bairro. Ela também foi levada para o hospital, onde permaneceu internada.

O caso segue sob investigação da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Entre no grupo do Semana7 no WhatsApp e receba notícias em tempo real (Clique AQUI).

governo_estado_impacto_queimadas_728x90px.gif


Comente esta notícia