POLÍTICA Segunda-feira, 11 de Setembro de 2023, 07:47 - A | A

11 de Setembro de 2023, 07h:47 - A | A

POLÍTICA / APÓS 9 MESES

STF manda soltar cacique de MT preso por atos antidemocráticos

José Acácio Serere Xavante estava preso em Brasília desde dezembro do ano passado

DO UOL



O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), determinou neste sábado (9) a soltura do bolsonarista José Acácio Serere Xavante, conhecido como Cacique Tsereré.

A informação foi divulgada pelo advogado dele, Levi de Andrade.

O ministro concedeu a ordem ao bolsonarista para que ele responda ao processo em liberdade, mas determinou que ele use tornozeleira eletrônica. Ele é acusado de participar de atos antidemocráticos.

Apontado como líder do acampamento bolsonarista na frente do Quartel General do Exército em Brasília, Tsereré estava preso desde 12 de dezembro de 2022. Foi detido por ter liderado ao menos dois atos políticos em Brasília com ameaças a ministros do Supremo.

A prisão dele foi usada como estopim para os atos de vandalismo em Brasília na noite de 12 de dezembro, quando militantes bolsonaristas incendiaram carros e tentaram invadir a sede da PF (Polícia Federal).

O momento da soltura de Tsereré depois de ele colocar a tornozeleira foi divulgado nas redes sociais por militantes.



Comente esta notícia