VARIEDADE Terça-feira, 14 de Novembro de 2023, 16:16 - A | A

14 de Novembro de 2023, 16h:16 - A | A

VARIEDADE / ESPORTE

Após problema cardíaco, professora começa a correr e emagrece 32 quilos

Aos 59 anos, Neca, como é conhecida, participou do Circuito Sesc de Corridas – etapa Pantanal, realizado no Parque Sesc Baía das Pedras, em Poconé

Luciane Mildenberger/Assessoria



Em um dia normal de trabalho, há 10 anos, a professora Enair Regina Martins, moradora de Cangas, distrito de Poconé, teve um problema cardíaco e foi levada desacordada para o hospital. O diagnóstico de arritmia cardíaca, somado à hipertensão, diabetes e tireoide representava um risco de morte para quem queria viver por muitos anos. O estilo de vida sedentário foi transformado em rotina com reeducação alimentar e exercícios físicos. Aos 59 anos e 32 quilos a menos, ela estava entre os 300 corredores do Circuito Sesc de Corridas – etapa Pantanal, realizado no Parque Sesc Baía das Pedras, em Poconé (MT).

“Aquele dia mudou a minha vida. Eu estava com 98 quilos e o cardiologista perguntou se eu queria viver. Eu disse que sim e desde então comecei a correr, caminhar, fazer pedal, academia e dança, além da reeducação alimentar. Superei aquele momento e hoje tenho 66 quilos, me sinto mais jovem e com mais saúde. Esporte é vida e para quem quer viver muito como eu, esse é o caminho”, destaca Neca. Para ela, a Corrida do Sesc representa qualidade de vida, principalmente por ser em meio à natureza. “Corrida e natureza combinam, por isso o Parque Sesc Baía das Pedras é um lugar maravilhoso para essa atividade”.

O Parque é uma das unidades do Polo Socioambiental Sesc Pantanal, iniciativa do Sistema CNC-Sesc-Senac, que recebeu a etapa Pantanal do Circuito Sesc de Corridas, em celebração pelo Dia do Pantanal (12 de novembro). A prova é realizada em diferentes datas do ano e em todo o país como um incentivo à prática de atividades físicas por pessoas de todas as idades.

De acordo com a gerente-geral do Polo Socioambiental Sesc Pantanal, Cristina Cuiabália, a corrida é uma oportunidade para as pessoas praticarem atividades físicas em contato com a natureza, opção que oferece diversos benefícios para a saúde física e mental. “Na corrida há, ainda, uma série de escolhas e boas práticas sustentáveis, como evitar descartáveis, uso de tecido para a comunicação visual e reaproveitamento de materiais, que agregam ainda mais valor para a nossa ação. O número de participantes também é parte dessa decisão, para causar menos impacto para o meio ambiente”, explica.

Tricampeão da prova, o microempresário e atleta amador Maik Neves, 29 anos, completou a prova de 5 quilômetros em apenas 16 minutos. “Eu sempre me dedico ao máximo e correr no Pantanal, em meio da natureza preservada, é um privilégio. É muito bom estar aqui todo ano e sentir a calmaria, brisa no rosto, longe da agitação da cidade”, ressalta.

Terceira vez na prova, Paulo da Silva, 43 anos, levou a filha Carolina, 10 anos, pela primeira vez para participar da prova kids com o objetivo de incentivá-la a praticar atividade física. Os dois subiram ao pódio: ela ficou em 1º lugar na categoria 10 anos e ele em 2º lugar na classificação geral masculino “Participar dessa corrida maravilhosa, com esse clima gostoso em meio à natureza, junto com a minha família é muito bom. Trabalho em fazenda e corro para manter meu corpo ativo. Neste ano, fiz a inscrição da minha filha e ela aceitou e ainda venceu a prova. Estou muito orgulhoso”, conta ele. A prova infanto juvenil reuniu 52 participantes, em provas de 200 e 400 metros.

Domingo no Parque

O Parque Sesc Baía das Pedras é aberto ao público uma vez no mês, com o Domingo no Parque. Em novembro, o evento acontece no dia 26, das 9h às 16h, com atividades gratuitas como cavalgada no cavalo pantaneiro, passeios de triciclo, pedalinho, atividades recreativas e música ao vivo.

 

Entre no grupo do Semana7 no WhatsApp e receba notícias em tempo real (Clique AQUI).

Prestação de Contas Governo - 2022 728


Comente esta notícia