AGRONEGÓCIO Quarta-feira, 30 de Agosto de 2023, 13:39 - A | A

30 de Agosto de 2023, 13h:39 - A | A

AGRONEGÓCIO / AGRONEGÓCIO

Não vamos nos calar. Chega de falsas afirmações sobre o agronegócio!

A mudança de postura também passa por ações coordenadas de entidades sérias do agronegócio

Graziele Oliveira



Lamentamos profundamente a desinformação e a falta de conhecimento transmitidas pela organização Mercy For Animals e o senhor Márcio Garcia em vídeo veiculado nos últimos dias. O agronegócio, assim como qualquer setor econômico e produtivo, tem seus desafios e evolui rapidamente com a adoção de práticas que respeitam tanto os animais como o meio ambiente.

Sabendo disso, nós, enquanto representantes da raça mãe da pecuária brasileira, não podemos aceitar calados essas calúnias. O que é mostrado pelo ator e pela ONG se tratam de imagens que não estão relacionadas a um ambiente profissional. A realidade – que não é o objetivo de ambos mostrar – é bem diferente. Os produtores adotam, de forma majoritária, práticas que promovem conforto aos animais de produção.

Não é de interesse de nenhum pecuarista causar dor e sofrimento aos bovinos. Isso não faz sentido, já que é de conhecimento básico de todos os que vivenciam o dia a dia nas fazendas que animais estressados não produzem bem. Diante disso, qual produtor vai querer causar prejuízos econômicos a si mesmo?

A mudança de postura também passa por ações coordenadas de entidades sérias do agronegócio, como a Nelore, que trabalham diariamente ao lado dos pecuaristas visando agregar práticas importantes. Não à toa, a sigla ESG – do inglês environmental, social and governance – está tão em alta. Traduzida, a abordagem significa a conjugação de ações responsáveis relacionadas a questões ambientais, sociais e de governança.

Ataques como esse buscam atingir negativamente milhares de pessoas em um setor que não apenas produz leite para alimentar bilhões de pessoas de forma nutritiva, como emprega outros tantos profissionais, proporcionando dignidade para o homem do campo e levando sustento à sua família. São produzidos cerca de 35 bilhões de litros por ano em nosso país. Trata-se de um alimento essencial, que oferece nutrientes importantes, como vitaminas A e B, potássio, fósforo e cálcio.

É nosso papel enquanto associação promotora da pecuária e da raça Nelore no Brasil estar ao lado do setor e rebater esse tipo de desserviço à sociedade. Esperamos que os responsáveis pelo material coloquem a mão na consciência e visitem os produtores de leite sérios e responsáveis.

Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB)

Entre no grupo do Semana7 no WhatsApp e receba notícias em tempo real (Clique AQUI).

Hotel Paiagues 728


Comente esta notícia