CIDADES Terça-feira, 15 de Junho de 2021, 17:50 - A | A

15 de Junho de 2021, 17h:50 - A | A

CIDADES / confresa ou porto alegre do norte

Mauro Mendes decide nesta quarta (16) onde será construído hospital no Norte Araguaia

Informação foi repassada pelo secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, nesta terça-feira (15), em Cuiabá.

Da Redação



Semana7

Governador Mauro Mendes decide nos próximos dias onde será o Hospital Regional no Norte Araguaia

 

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, adiantou em conversa com o portal Semana7, na tarde desta terça-feira (15), no Palácio Paiaguás, sede do governo em Cuiabá, que o anúncio do local de construção do Hospital Regional do Norte Araguaia será feito na quarta (16) pelo governador Mauro Mendes (DEM).

A decisão é aguardada desde o último dia 14 de maio, quando o governador visitou os municípios de Confresa e Porto Alegre do Norte, junto com secretários, deputados e equipe técnica da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) realizando vistorias em áreas de ambas as cidades.

O prefeito de Porto Alegre do Norte, Daniel do Lago (PDT), participa de uma reunião com Mendes na tarde desta terça (15).

Gestores de municípios do Norte-Araguaia comemoraram a notícia sobre a construção do Hospital Regional que atenderá a região. A demanda por uma unidade de saúde deste porte é um sonho antigo da população que chega a ter que se deslocar mais de mil quilômetros para conseguir atendimento de média e alta complexidade.

O hospital

A obra seguirá o padrão de qualidade do Governo de Mato Grosso, para oferecer toda a estrutura necessária para o atendimento digno à população, bem como os equipamentos e qualidade de trabalho aos profissionais de Saúde.

Governo de Mato Grosso

projeto hospital regional araguaia

 

O hospital projetado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) contará com 141 leitos de enfermaria e 40 UTIs, entre adultas, pediátricas, neonatal e unidade semi-intensiva neonatal, para atendimento na média e alta complexidade.

A unidade de Saúde também contará com 10 consultórios médicos, dois consultórios para atendimento a gestantes, seis salas de centro cirúrgico, além de espaços para banco de sangue, banco de leite materno e realização de exames, como tomografia e colonoscopia.

A previsão é que após a licitação e a definição da empresa que irá tocar a obra, o hospital seja entregue em até 24 meses.

 

Composição 1.gif

 



Comente esta notícia