CIDADES Quarta-feira, 16 de Agosto de 2023, 17:45 - A | A

16 de Agosto de 2023, 17h:45 - A | A

CIDADES / precaução

Prefeitura disponibiliza ônibus para alunos que moram no Nova Barra Sul

Medida visa proteger os estudantes até que Governo Federal instale as passarelas suspensas no contorno viário

Secom-BG



A partir da próxima segunda-feira (21), a Secretaria Municipal de Educação de Barra do Garças disponibilizará um ônibus exclusivo para o transporte dos alunos da CMEB Helena Esteves e da creche Maurenice que moram no setor Nova Barra Sul, que foram prejudicados pela construção de uma barreira de proteção na construção do contorno viário feito pelo Governo Federal. No momento está sendo realizado um levantamento dos alunos que necessitam de transporte no CMEB Frederico Toscani.

A medida temporária foi anunciada pelo prefeito Dr. Adilson, nesta quarta-feira (16), segundo ele, a cessão do ônibus visa proteger os estudantes até que as passarelas de pedestres sejam instaladas definitivamente. "A população não pode ser prejudicada por uma obra que ainda não foi finalizada", afirmou o prefeito.

Nesta quinta-feira (17), o prefeito deve se reunir com os representantes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), em Cuiabá, para cobrar medidas emergenciais para o município, até que as passarelas estejam prontas.

Para garantir a identificação dos alunos e o acesso seguro ao transporte fornecido, os pais ou responsáveis devem procurar a escola portando um comprovante de residência para a confecção do crachá de identificação. Nesta quinta-feira (17) será passado aos estudantes todos os pontos e horários de recolhimento.

Uma revisão recente realizada pelo DNIT modificou o projeto, que previa a construção de uma rotatória no cruzamento entre a Rua Ana Cláudia e o Anel Viário, que agora será substituída por uma faixa de desaceleração. Essa alteração busca aumentar a segurança do tráfego de veículos na região do rodoanel.

A instalação de uma barreira de proteção entre as faixas já está em andamento, porém, a preocupação se volta para o fluxo de pedestres entre os setores sul e norte do Jardim Nova Barra. Dado que escolas e comércios estão concentrados em um dos lados, os moradores têm expressado apreensão com relação a essa questão.

O DNIT justificou a mudança no projeto ao afirmar que a construção da rotatória não seria eficaz o suficiente para resolver os problemas de tráfego na região. Além disso, destacaram que ela poderia aumentar o risco de colisões. Segundo informações do setor de Infraestrutura do DNIT, um motorista a 60 km/h economizaria apenas 12 segundos com a presença da rotatória, enquanto o risco de acidentes aumentaria significativamente.

O prefeito reafirmou que a administração municipal está empenhada em garantir a segurança dos estudantes e da população, buscando soluções temporárias e cobrando celeridade na instalação das passarelas. Enquanto isso, as famílias e a comunidade acompanham atentamente o desenvolvimento da situação, esperando por um desfecho seguro e eficaz.

Entre no grupo do Semana7 no WhatsApp e receba notícias em tempo real (Clique AQUI).

CâmaraBG agosto


Comente esta notícia