GERAL & ECONOMIA Segunda-feira, 08 de Maio de 2023, 07:52 - A | A

08 de Maio de 2023, 07h:52 - A | A

GERAL & ECONOMIA / estendia roupas

Mulher é picada por jararaca em MT e morre em hospital

O marido dela matou a cobra e levou junto para o atendimento na UPA. No local, ela recebeu soro antiofídico, mas morreu horas depois

Minuto MT



 

Marciele de Pinho Silva, de 36 anos, moradora de Chapada dos Guimarães, morreu, na última semana, após ser picada por uma cobra jararaca rabo-de-osso.

Inicialmente ela ficou internada na UPA de Chapada e saiu de lá, aparentando estar bem, para fazer exames no Hospital Municipal de Cuiabá – HMC, onde o quadro se agravou e ela não resistiu.

Conforme informações, Marciele estava estendendo roupas no varal, no último dia 3, quando foi picada. Ela morava na região rural, próximo da Cachoeira da Geladeira. A picada foi na parte interna do pé.

O marido dela matou a cobra e levou junto para o atendimento na UPA. Lá, a paciente foi medicada com o antídoto assim que chegou. A vítima, segundo a família, apresentou boa melhora no quadro, ainda na UPA, de onde saiu passando bem.

Todavia, ficou condicionado que ela faria exames que identificariam se o sangue poderia estar coagulando. O quadro dela, entretanto, se arruinou rapidamente e ela morreu no HMC.

Na unidade, ela teria passado a sofrer fortes dores, teve uma parada cardíaca, chegou a ser intubada e morreu. No atestado de óbito consta “coagulopatia – picada de cobra”.

A família desconfia que o soro aplicado em Chapada não tenha sido o indicado para a espécie de cobra que atacou Marciele.

 

Entre no grupo do Semana7 no WhatsApp e receba notícias em tempo real (Clique AQUI).

Hospital Pequeno Principe

 



Comente esta notícia