JUSTIÇA Quarta-feira, 03 de Março de 2021, 10:20 - A | A

03 de Março de 2021, 10h:20 - A | A

JUSTIÇA / inquérito civil

MP apura supostos pagamentos ilegais a ex-tesoureira da prefeitura de Pontal do Araguaia

Investigação foi aberta pelo promotor de Justiça Marcos Brant Gambier Costa, na segunda-feira (01)

Andrezza Dias
Da Redação



O Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPMT), por meio da 3ª Promotoria de Justiça Cível de Barra do Garças, abriu um inquérito civil para apurar se Geane Paula Wanderley Negreiro, ex-tesoureira da prefeitura de Pontal do Araguaia na gestão de Gerson Rosa, cometeu improbidade administrativa em relação a supostos pagamentos ilegais recebidos para diárias de viagens.

A investigação foi aberta pelo promotor de Justiça Marcos Brant Gambier Costa, na segunda-feira (01).

Uma reclamação registrada na ouvidoria do MPMT apontou que a servidora pública municipal jamais teria realizado viagens de interesse público.

Após análise de documentos, verificou-se que enquanto exercia o cargo de tesoureira municipal, entre os anos de 2017 a 2019, Geane recebeu o valor de R$ 36.200,00 referente à 35 diárias, as quais não apresentavam a assinatura da autoridade requisitante, além da falta de documentos que comprovassem a realização das viagens.

O teor do relatório técnico constata um possível pagamento de diária em número maior do que o necessário para o período registrado de saída e retorno.

Ao Semana7, Geane Negreiro informou que ainda não foi notificada e prefere aguardar para comentar sobre o inquérito.



Comente esta notícia