POLÍTICA Quarta-feira, 30 de Junho de 2021, 20:10 - A | A

30 de Junho de 2021, 20h:10 - A | A

POLÍTICA / Discussão

Baiano Filho participa de reunião para discutir Zoneamento Socioeconômico Ecológico

O ex-parlamentar falou em defesa do Araguaia sobre atual proposta do executivo

João Pedro Donadel
Da Redação com Assessoria



Nessa terça-feira (29) aconteceu em São Félix do Araguaia a 5ª reunião da Comissão Especial sobre o Zoneamento Socioeconômico Ecológico (ZSEE) de Mato Grosso, sendo a primeira de forma itinerante. Entre os participantes esteve o ex-deputado estadual Baiano Filho, que discursou em defesa ao Araguaia e na luta pela mudança do projeto atual feito pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag-MT).

Baiano Filho comentou sobre o assunto ter causado muita preocupação no setor produtivo do Araguaia, tanto aos agricultores tradicionais, mas também ao possível interesse de novos investidores na região.

"Não podemos e não vamos desrespeitar a natureza, mas não vamos deixar o Araguaia ser desvalorizado. Porque o Araguaia desvalorizado certamente atende aos interesses de alguns, os mesmos que querem comprar as nossas terras a baixo custo, ou dá-las como garantia dos desmates que já fizeram no passado", disse após a conclusão da reunião.

Nessa quarta-feira (30) continuando a agenda de conversar com os prefeitos, líderes e produtores da região para poder levar um relatório técnico, junto com a comissão especial, ao executivo, o ex-deputado destacou a aflição de todos na região com essa possível perca de produtividade em uma região que cresce exponencialmente nos últimos anos.

"O ZSEE precisa cumprir sua função social, de promover com equilíbrio, o convívio sustentável entre o setor produtivo e a preservação do meio ambiente. Precisa ser o elo, a ferramenta de gestão para políticas públicas em consonância com o meio ambiente, jamais uma ferramenta de aniquilação da sociedade. Temos colocado isso para o Estado, e tenho certeza, que da forma como está proposto, o zoneamento não vai avançar", finalizou.

 


Comente esta notícia