POLÍTICA Quarta-feira, 29 de Novembro de 2023, 07:51 - A | A

29 de Novembro de 2023, 07h:51 - A | A

POLÍTICA / IDA PARA O PL

Michelly nega deixar União agora, mas admite conversa em 2024

Vereadora participou de um evento do PL, o que levantou rumores de que deixaria o partido de Mendes

Da Midia News



A vereadora Michelly Alencar descartou, por ora, deixar o União Brasil, partido do governador Mauro Mendes, para se filiar ao Partido Liberal (PL). Segundo ela, a possibilidade é apenas "especulação".

“Neste momento, continuo no União Brasil. Se houver possibilidade de mudar de partido, só será estudada na janela partidária, no momento adequado", disse se referindo ao período que a legislação eleitoral permite a troca de partido sem penalidades. Ocorre sempre entre março e abril de ano eleitoral.

A possibilidade de Michelly deixar o União começou a ser levantada após o rompimento que ocorreu entre a vereadora e a primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, que foi sua apoiadora em 2020.

Os rumores aumentaram quando a vereadora participou de um evento do PL com o deputado federal Nikolas Ferreira, no último domingo (28) em Cuiabá. O encontro reuniu bolsonaristas de todo o Estado.

“Fui convidada [para o evento], tenho uma admiração pelo deputado Nikolas e fui ao evento. Achei que seria interessante estar com pessoas que eu gostaria de conhecer pessoalmente. Volto segura de qual é o meu lugar”, disse.

Convite de Abílio

A vereadora recebeu, no último mês, um convite do deputado federal Abílio Brunini para se filiar ao PL.

Ela, entretanto, disse recusou a troca de partido.

“Recebi um convite do deputado Abílio, minha resposta foi negativa", afirmou.

"Não veio da minha boca [a possibilidade de mudar de partido], veio de outras pessoas, mas compactuamos dos mesmos valores. Não vejo problema nenhum [em participar do evento]”, completou.

Entre no grupo do Semana7 no WhatsApp e receba notícias em tempo real (Clique AQUI).

Governo Trânsito 728


Comente esta notícia