POLÍCIA Sexta-feira, 11 de Agosto de 2023, 06:05 - A | A

11 de Agosto de 2023, 06h:05 - A | A

POLÍCIA / em sinop

Polícia prende em flagrante casal suspeito de matar e enterrar vizinho

A vítima foi morta a golpes de faca e depois enterrada nos fundos do terreno de um conjunto de quitinetes

Assessoria/PJC-MT



A Polícia Civil prendeu em flagrante em Sinop, na manhã de quinta-feira (10.08), um casal suspeito de matar e enterrar o corpo de Robson Willian Clement Arguelho, 31 anos. A vítima foi assassinada na última sexta-feira (04), em uma quitinete no bairro Setor Industrial Norte.

A vítima estava desaparecida desde o final de semana, quando foi registrado um boletim por um familiar relatando que Robson combinou de visitá-la e não apareceu.

Durante as diligências, na manhã desta quinta-feira, a equipe da Polícia Civil foi até uma quitinete onde o crime ocorreu e flagrou o suspeito, de 20 anos, enterrando o corpo de Robson. Após o flagrante, ele tentou se esconder, mas depois confessou que assassinou a vítima na sexta-feira (04.08), após voltar de uma festa, e estava enterrando o corpo por completo.

Na sua versão, o autor do crime alegou que matou a vítima após Robson ter assediado sua esposa. Primeiro eles discutiram e em seguida, o suspeito contou que levou a vítima para os fundos do conjunto de quitinete onde ambos moravam, matou Robson a facadas e em seguida enterrou o corpo junto com a faca, mas de forma superficial.

Os investigadores ouviram também a esposa do suspeito que, em primeiro momento, afirmou aos policiais que o seu marido não estava em casa. Após o flagrante do marido tentando enterrar por completo o corpo da vítima, a mulher de 19 anos também confessou a autoria do crime.

Uma equipe da Divisão de Homicídios esteve no local e assumiu as investigações sobre o crime. O casal foi conduzido para a delegacia para depoimentos, junto com a arma usada no crime.

O corpo da vítima foi encaminhado à perícia no IML de Sinop.

Entre no grupo do Semana7 no WhatsApp e receba notícias em tempo real (Clique AQUI).

CâmaraBG agosto


Comente esta notícia