GERAL & ECONOMIA Sexta-feira, 22 de Dezembro de 2023, 14:06 - A | A

22 de Dezembro de 2023, 14h:06 - A | A

GERAL & ECONOMIA / INTERMEDIÁRIO FOI PRESO

Contratado para matar advogado recebeu R$ 40 mil; arma chegou em hotel no dia 5

Gazeta Digital



Antônio Gomes da Silva recebeu R$ 40 mil ao ser contatado como pistoleiro para matar o advogado Roberto Zampieri, em Cuiabá, no dia 5 de dezembro. A arma que ele usou, uma pistola 9mm, chegou horas antes do crime e foi entregue em um hotel.

As informações foram divulgadas pela Polícia Civil. Consta que o terceiro envolvido na trama, preso nesta sexta-feira (22), na região metropolitana de Belo Horizonte, teria sido o intermediário do crime.

Ele teria contratado Antônio para matar o advogado. Em seguida, despachou uma pistola 9 mm, registrada em seu nome e entregou para o autor do crime em um hotel de Cuiabá, onde eles ficaram hospedados.

Investigações e prisões

Roberto Zampieri tinha 56 anos e foi assassinado na noite do dia 05 de dezembro, na frente de seu escritório localizado no bairro Bosque da Saúde, na capital.

A vítima estava em uma picape Fiat Toro quando foi atingida pelo executor com diversos disparos de arma de fogo. O executor foi preso na cidade de Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte (MG).

O mandado de prisão de Antônio Gomes da Silva foi cumprido pela Delegacia de Homicídios da capital mineira em apoio à Polícia Civil de Mato Grosso, que investiga o crime ocorrido contra o advogado.

Já a mandante do crime, foi presa na cidade de Patos de Minas, no sudeste mineiro. No momento da prisão, a investigada estava com uma pistola 9mm, do mesmo calibre que o utilizado no homicídio do advogado. Interrogada, a investigada, negou as acusações, passou pela audiência de custódia e foi para uma unidade prisional de Patos de Minas. (Com assessoria)

Entre no grupo do Semana7 no WhatsApp e receba notícias em tempo real (Clique AQUI).

Câmara BG Dezembra Laranja e Vermelho
 


Comente esta notícia