CIDADES Sexta-feira, 01 de Dezembro de 2023, 14:26 - A | A

01 de Dezembro de 2023, 14h:26 - A | A

CIDADES / SER FAMÍLIA

Moradora contemplada com moradia em Novo São Joaquim diz que "é a coisa mais valorosa do mundo"

As primeiras 50 unidades do Programa Ser Família Habitação foram entregues pelo governador e a primeira-dama do Estado

Da Redação



A satisfação extrema ficou para as 50 famílias de Novo São Joaquim, (com renda mensal e até 200 reais por pessoa) que receberam na tarde de 24 de novembro a chave de suas casas do Governo de Mauro Mendes, as primeiras unidades no Estado do programa Ser Família Habitação. O investimento foi da ordem de 6,7 milhões, em parceria com o município, segundo dados da Sinfra.

A dona de casa, Mayhara Andrade Valadão Coimbra, de 24 anos, três filhos, de posse da chave de sua casa ela disse que aquele momento passará a ser um diferencial em sua vida. “Estou sem palavras e só tenho gratidão porque agora saio do aluguel e isso para mim significa alívio”.

Sua vizinha do conjunto residencial no bairro Clarindo Roque, Ana Luzia Nunes Barbosa, 23 anos, três filhos, uma delas de colo, não conteve sua alegria ao ser abordada pela a reportagem do Semana7 e disse que sair do aluguel “é a coisa mais valorosa do mundo”.

De igual modo a Mayara e Ana Luzia, outras mães de famílias se juntaram a cerca de 500 pessoas que prestigiaram o evento organizado pelo prefeito do município, Leonardo Zampa e a primeira-dama Isabella Mendonça para a recepção do governador, da primeira-dama Virginia Mendes, a mentora do Ser Família Habitação, dos deputados estadual Max Russi e federal Juarez Costa, entre outras autoridades.

Pela terceira vez prefeito de Novo São Joaquim, Zampa havia construído até aqui neste seu trajeto de gestor 140 casas para sanar o déficit por moradia na cidade e agora este novo lote de 50 casas a prefeitura tocou as obras que duraram 10 meses e pela doação dos lotes, dotação de rede de esgoto, água e lâmpadas de LED pelo programa MT Iluminado. 

O valor unitário estabelecido para a construção das casas foi de 115 mil reais. A contenção e gastos, de acordo com dados da prefeitura, reduziu os custos e dos 6,7 milhões sobraram recursos para a construção de mais oito unidades já previstas para os próximos meses.

Entre no grupo do Semana7 no WhatsApp e receba notícias em tempo real (Clique AQUI).

Hotel Paiaguas 728
 


Comente esta notícia